Pride

Prefeita do Texas Jess Herbst revela ser mulher transgênera e é acolhida


“Vivo como uma mulher agora, e desenvolverei minhas tarefas na cidade desta forma”, declarou Jess Herbst prefeita da cidade de New Hope, no Texas. Ela revelou que é uma mulher transgênera por meio de uma carta aberta à população no site oficial.

Jess afirmou que, como prefeita, deveria dizer algo que está consigo desde as memórias mais antigas: “eu sou transgênero”. A cidade é considerada conservadora, mas segundo ela até o momento a reação da população foi a melhor possível.

Foram vários e-mails parabenizando a coragem de tornar público algo tão íntimo e mostrando muito orgulho por ter amizade com a prefeita. O anúncio também foi considerado um dos maiores e históricos avanços da comunidade LGBT.

Jess afirmou que a população a acolheu
E para mostrar que Jess sempre foi competente em seu trabalho, ela já ocupava antes da transição de gênero o cargo de vereadora e foi nomeada prefeita em maio de 2016, quando o prefeito morreu.

Na carta, ela revela que recebe todo o apoio das duas filhas e da mulher, com quem continua casada (já sabemos que a identidade de gênero não interfere na orientação sexual, ou seja, uma pessoa pode ser mulher trans ou travesti e se atrair por mulheres cis, trans, travestis, homens cis, trans...).

“Amo minha mulher, e minha mulher me ama, não temos intenções de mudanças. Minhas filhas têm sido minhas defensoras inflexíveis e se orgulham de dizer às pessoas que sou transgênera”, declarou ela.

Jess fez relatos de sua infância e adolescência e de como a sociedade cisnormativa a fez demorar a perceber que na verdade ela é uma mulher trans. E mencionou a ex-atleta e socialite Caitlyn Jenner e a atriz Laverne Cox por trazer o debate à sociedade. “Eu sei que as pessoas trans ainda estão vindo à luz na nossa sociedade e temos tido grandes avanços nos últimos anos”.

A presidenta do centro comunitário Trans Pride Nell Gaither comemorou: “Estou tão feliz que nossa sociedade está progredindo a ponto de Jess Herbst se sentir empoderada a se assumir a ser ela mesma em um cargo público”. Parabéns!!!

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.