Pop e Art

Teresina terá primeiro concurso de Rainha Trans para o Carnaval 2017

Na imagem meramente ilustrativa, a musa Thalita Zampirolli, que tem tudo para ser rainha de qualquer escola 

Teresina terá a sua primeira Rainha Trans oficial neste ano. A iniciativa de um concurso nesta sexta-feira (10), às 20h, no Teresina Hall é da Prefeitura de Teresina por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC).

O objetivo de dar visibilidade para a população de travestis e mulheres transexuais. E as cinco candidatas disputam, além do título, da faixa e da coroa o prêmio de 2 mil reais.

Elas serão avaliadas por uma banca de 17 jurados, escolhidos pela Comissão Organizadora do Carnaval (COC). O evento terá ainda as apresentações do Balé da Cidade, Corpo de Balé do Teatro do Boi, música com banda de fanfarra, trupe carnavalesca e com samba no coreto.

Luis Carlos Alves, que é presidente da FMCMC, declarou que o concurso “simboliza a luta pelo combate ao preconceito, discriminação e estigma a comunidade”, declarou ao site do governo.

Vitor Kozlowski, presidente do Conselho Municipal LGBT de Teresina, disse que este é um momento de “tornar visível a demanda desse segmento, que é um dos mais marginalizados, além de trabalhar a questão social e de direitos humanos, iremos pautar a construção da cidadania e igualdade de gêneros”.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.