Header Ads

Um destes dois sanduíches foi preparado por uma transexual. Qual?


Por Neto Lucon

Uma campanha da ANTRA – Associação Nacional de Travestis e Transexuais – abordou de uma maneira criativa a empregabilidade e o trabalho desenvolvido por travestis, mulheres transexuais ou homens trans. E que não há qualquer razão para ser transfóbico na contratação desses profissionais.

Na campanha, há duas imagens. Na primeira, dois sanduíches aparecem na mesa com a pergunta: Um destes dois sanduíches foi preparado por uma transexual. Qual?.

Na segunda imagem da ação, dois computadores com apresentações em Power Point aparecem lado a lado, também com a pergunta: “Uma destas apresentações foi feita por uma travesti. Qual?”. 

Abaixo, a resposta: "Você não viu diferença porque não tem diferença. A identidade de gênero não interfere na qualidade nem no resultado do trabalho de ninguém. Dê uma oportunidade a travestis e transexuais na sua empresa e ajude a acabar com o preconceito".




A presidenta da Antra, Keyla Simpson afirmou que a campanha foi realizada em parceria com a Léo Burnet Tailor Made e a Defensoria Pública do Estado de São Paulo. "A campanha visa chamar a atenção para a necessidade do mercardo de trabalho se abrir para a população de travestis, mulheres transexuais e homens trans no Brasil".

De acordo com a ANTRA, cerca de 90% das travestis e mulheres transexuais estão inseridas na prostituição. Muitas delas por imposição da sociedade e falta de oportunidade no mercado de trabalho. Os homens trans também reclamam da baixa empregabilidade e do respeito por sua identidade de gênero.

Gostou da campanha? Compartilhe! 

Um comentário

DUDA BARRETO disse...

mega importante essa abordagem

Tecnologia do Blogger.