Header Ads

Transserviços

Após transfobia, jogadora brasileira fará estreia no vôlei feminino com aval da FPV



A jogadora de vôlei Isabelle Neris, de 25 anos, vai estrear neste domingo (5) o seu primeiro jogo pelo time Voleiras no torneio amador de São José dos Pinhais, Curitiba. Ela, que é uma mulher transexual, teve a sua identidade de gênero respeitada pela Federação Paranaense de Voleibol.

Na equipe desde maio de 2016, ela já participou de dois torneios amadores femininos. Ela afirmou que sofreu trasnsfobia nos dois jogos. Mas na última quinta-feira (02), depois de um trâmite burocrático, as Voleiras conseguiram a autorização para que Isabelle esteja em partidas oficiais.

Ela teve que apresentar o documento de mudança de nome civil, que faz hormonioterapia desde os 17 anos e até resultados destes testes hormonais. Ou seja, teve que provar que não tem nível de testosterona superior ao de outras atletas.

O respeito a identidade de atletas trans, a primeira da Federação Paranaense de Voleibol, segue uma política global. A FIVB (Federação Internacional de Vôlei) permitiu que a brasileira Tifanny Abreu, que também é uma mulher trans, jogasse ao lado de mulheres cis na Itália.

“A partir de que começou a repercutir as informações sobre ela (Tiffany), eu tomei coragem e conversei com a comissão técnica do meu time e falei: ‘se ela pode, é um sonho possível, eu também posso”, disse Isabelle ao site Paraná Portal.

A estreia está agendada para este domingo às 12h. O torneio de São José dos Pinhais serve como preparação para a Taça Curitiba, que acontece entre os dias 20 e 24 de março. Isabelle deve participar também! Bom jogo!!!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.