Header Ads

Travesti Bianka Gonçalves é assassinada aos 22 anos no Mato Grosso


A travesti Bianka Gonçalves, de 22 anos, foi assassinada a tiros na madrugada desta sexta-feira (07) na Rua Ermilia Porta, no bairro Centro Leste, no município de Primavera do Leste, a 239km de Cuiabá.

De acordo com a polícia de Primavera do Leste, ela foi morta com pelo menos três tiros e foi encontrada sem os seus pertences. A identidade de Bianka só foi descoberta porque seu RG foi encontrado nas proximidades do local.

O delegado Rafael Diniz contou que a vítima havia chegado na cidade há três dias, que o local do crime fica às margens da MT-130 e que a principal suspeita é de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.

Ele afirma que várias travestis já foram assaltadas no espaço. A polícia investiga o caso e por meio das câmeras de segurança deve obter imagens dos assassinos. Testemunhas estão sendo chamadas para depor. Até o momento, nenhum suspeito foi identificado ou preso.

O corpo de Bianka foi levado pela Politec ao Instituto Médico Legal. Como ela era natural de São José do Rio Preto e morava em Santos, litoral de SãoPaulo, segundo informações nas redes sociais, ainda não temos informações sobre o velório e enterro.


No Facebook, diversos familiares, amigos e conhecidos lamentaram a morte precoce da jovem, postando fotos e relembrando de momentos. Bianka era conhecida como uma pessoa alegre, brincalhona, vaidosa, cheia de planos e dignidade.

Ela entra na estatística baixíssima de vida de travestis e mulheres transexuais, que é de 35 anos. Lamentamos a perda e desejamos sinceros sentimentos para os familiares e amigos. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.