Header Ads

Transserviços

Maite Schneider estrela musical infanto-juvenil com temática LGBT, "O Príncipe Desencantado"


Por Neto Lucon
Fotos: Caio Galucci

A atriz Maite Schneider se prepara para mais um desafio em sua carreira: encenar o musical infanto-juvenil “O Príncipe Desencantado”, do diretor, ator e roteirista Rodrigo Alfer. A obra, que contempla uma história de amor homoafetiva e dá luz às questões envolvendo identidade de gênero, estreia no dia 3 de junho do Teatro da Viga, em São Paulo.

+ Cai na rede o curta Quatro e Fíntchy com protagonistas trans


Na trama, o príncipe Vick, ainda desorientado com a morte do pai, se vê obrigado pela mãe a escolher uma noiva da Escola de Princesas. Só que ele acaba se apaixonado por Teco, irmão de uma das pretendentes. Maite aparece com uma personagem misteriosa, em situação de rua e pedinte, com uma grande revelação no final.

Ao NLUCON, a atriz conta que a experiência de estar em um musical infantil está sendo um desafio diferente de tudo o que já viveu na carreira. “Trabalhar com infantil faz a gente viver o lado lúdico, que às vezes está escondido em algum canto na alma. O musical surge como uma possibilidade às histórias infantis, que geralmente são contadas em relações heteronormativas, príncipes e rainhas brancos e outros clichês que vamos refletir”.

Para cantar pela primeira vez nos palcos, ela afirma que tem se dedicado às aulas de canto particulares com o maestro Ettore Rugiero. “Quando cantava no chuveiro, até a água desviava de mim (risos). Mas está sendo um grande aprendizado. Todos são do teatro musical e não poupam esforços em me ajudar”, declara. O diretor afirma, contudo, que a atriz tem uma musicalidade incrível e que é muito dedicada. “Ela havia dito que não cantava, mas quando começaram os ensaios ela surpreendeu a todos”.

Maite com sua personagem no musical: revelação deve surpreender público

A peça marca a vinda de Maite a São Paulo, depois de viver e estrelar nos palcos curitibanos. “Vim para São Paulo para colocar mais arte e teatro na minha vida. Em Curitiba trabalhei com quase todos os melhores diretores da cidade e sentia que estava me limitando. Aqui, posso ter novas experiências no teatro, como fazer um e musical e um infantil, por exemplo”, diz ela, que deve estrelar outra peça após o musical. Esta outra falando sobre a transexualidade.

Em o Príncipe Desencantado, Maite contracena com os atores Davi Novaes, Marcella Piccin, Manu Littiéry, Vanessa Rodrigues e Silvano Vieira. A montagem conta com músicas de Maíra Pagliuso, direção musical e vocal de Ettore Ruggiero, coreografia de Alex Martins e direção de ator de Jonathan Faria. Figurino são assinados por Luma Yoshioka, enquanto o desenho de luz é de Rafael Araújo. A produção e a administração são de Marco Alexandre. 

QUEREMOS DESMISTIFICAR TABUS

Segundo o diretor,  O Príncipe Desencantado – O Musical - é inspirado no romance holandês Koning em Koning (Rei e Rei), de Linda de Hann e Stern Nijaland, nas declarações da escritora de livros infantis e educadora Márcia Leite e nas passagens da vida do diretor.

Rodrigo, aliás, declara que abordar a temática LGBT para o público infanto-juvenil é importante para que se trabalhe o respeito e a tolerância pela diversidade. 
“Embora a temática ainda seja um tabu, acreditamos que podemos contribuir para desmistificar o tema, e para que num futuro próximo esta seja apenas mais uma história que fala de amor, como tantas outras”, diz.

Possíveis manifestações preconceituosas da plateia – principalmente vindas dos adultos - são motivos de preocupação, mas Alfer defende que teatro é lugar de luta, resistência e coragem. E frisa que a maneira lúdica e divertida como construiu a obra não dará espaço para o preconceito. “Temos que apresentar essas temáticas e essas possibilidades. Queremos instrumentalizar o público infanto-juvenil para o que é considerado diferente”, finaliza.

Curiosos?  


Maite em figurino de sua personagem

SERVIÇO: O PRÍNCIPE DESENCANTADO
Estreia: 03 junho – Todos os sábados e domingos às 15:00hs
1ª. Temporada até 30 de julho de 2017
Teatro VIGA : Rua Capote Valente, 1323 – Pinheiros – Ao lado do Metrô Sumaré

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.