Realidade

Travesti de 20 anos é agredida e estuprada em São Vicente, litoral de SP


Uma travesti de 20 anos, cuja identidade não foi revelada, foi agredida e estuprada na quinta-feira (11) em uma casa na Esplanada dos Barreiros, São Vicente, literal de São Paulo. A informação é do Diário do Litoral.

Em relato à Polícia Civil, a vítima declarou que o agressor foi um homem que se passou por um cliente em um carro verde escuro. Ao leva-la até o imóvel, o homem passou a agredir.

Ele rasgou a sua blusa, deu tapas, mordidas e puxou seus cabelos. Logo após, ele a violentou sexualmente sem o uso de preservativo. Durante a violência, o homem declarava que tinha uma arma de fogo e que poderia matá-la. Ele também disse ter estuprado outras pessoas e que continuaria cometendo o crime.

Após a violência, ele deixou a vítima de carro na Avenida Capitão Luiz Pimenta, onde ela chamou a Polícia Militar. Ela passou pelo serviço público de saúde e tomou medicação antirretroviral. A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) apura o crime e o investiga quem seria o homem responsável pela agressão.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.