Realidade

“Vidas LGBTs importam” é tema de ato em Salvador nesta sexta-feira


Diante de tantas mortes e violências marcadas pela LGBTfobia, militantes baianos farão nesta sexta-feira (12), às 18h, o ato “Vidas LGBTs Importam”. A concentração ocorre em frente do clube San Sebastian, em Rio Vermelho, Salvador. 

Organizada por diversas entidades, grupos e coletivos, a marcha cobra maior rigidez nas investigações de crimes que podem ter sido cometido por LGBTfobia e também políticas públicas que garantam maior segurança e que inibam tais crimes.

No dia 5 deste mês, o homem trans Thadeu Nascimento, mais conhecido como Têu, foi encontrado morto e sem roupas aos 24 anos no bairro São Cristovão em Salvador. Têu foi assassinado por espancamento e tiros na cabeça. A casa dele também foi invadida pelos criminosos. O crime chocou a população LGBT. 

No último dia 30, a mulher transexual Samaielly da Silva Nascimento foi assassinada a tiros no bairro Itinga. Ela tinha 16 anos e, segundo amigos, vivia em situação de vulnerabilidade desde que havia se assumido trans aos 13. 


O ato também marca as atividades do Dia Internacional do Combate à LGBTfobia, no dia 17 de maio. Ela marca os 27 anos da retirada da homossexualidade do CID (Classificação Internacional de Doenças) da Organização Mundial. Vale lembrar que a transexualidade e a travestilidade continuam.



VIDAS LGBTS IMPORTAM
Sexta-feira (12), às 18h
Local: San Sebastian
R. da Paciência, 88 - Rio Vermelho, Salvador

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.