Header Ads

“Por que não uma trans na banda do Amor e Sexo?”, diz drag Pabllo Vittar em premiação pornô


A drag queen e cantora Pabllo Vittar foi uma das artistas a anunciar as categorias da quarta edição do Prêmio Sexy Hot, que premia os melhores do pornô brasileiro e que ocorreu na última semana em São Paulo. Porém, mais uma vez ela foi referida como uma mulher trans e teve que explicar.

Desta vez, quem fez a confusão foi o apresentador da noite, Léo Jaime, ex-vocalista da banda do “Amor e Sexo”, da TV Globo, e quem Pabllo substituiu na última temporada. Léo perguntou qual é a importância de ter uma artista trans em um programa na tevê aberta.

“Léo, eu sou drag, não sou trans. Você faltou nessa aula", explicou com bom-humor. "Mas se tivesse também seria uma representatividade muito grande. Por que não uma trans na banda do ‘Amor e Sexo’? Por que não uma drag apresentando? Porque a gente pode sim e a gente deve”, defendeu, sendo aplaudida pela plateia.

Essa não é a primeira vez que Pabllo é questionada se é uma trans. Nas redes sociais da revista Playboy, ela chegou a ser apontada como mulher trans e também respondeu inúmeras entrevistas sobre o assunto. Em um vídeo, Pabllo diz que se sente feliz de ser referida como uma mulher trans, afinal é sinal de que é uma pessoa muito bonita.

"Amo meu corpo, sou um menino, sou homossexual, sou gay, amo a arte que eu faço. Não sou trans, apesar de ser linda como as minhas amigas que são. Fico muito feliz que vocês achem que eu sou trans, porque, porra, bonita pra caralho", declarou ao PortalPopline. Ao TV Fama, ela explicou que adora a arte da transformação em menino e menina para o trabalho. 

Na noite do SexyHot, Pabllo anunciou os melhores da categoria LGBT.

Um comentário

Anônimo disse...

Em um episodio do amor e sexo, a fernanda lima perguntou quem se identifica como mulher trans, e pabblo levantou a mao, queria explicação p/ isso.

Tecnologia do Blogger.