Header Ads

Trans Power! Conheça 10 super-heróinas que são travestis, transexuais e n-b


Por Neto Lucon

O filme Mulher-Maravilha, dirigido por Patty Jenkins, chegou neste ano para romper padrões e levantar a importância do feminino no universo dos super-heróis / super-heroínas. E provar que o público quer, sim, tais referências.

Para quem não assistiu, a obra conta a história da guerreira e princesa das Amazonas Diana Prince (Gal Gadot). Após o piloto Steve Trevor (Chris Pine) cair na ilha onde mora, ela se vê diante de uma guerra e faz de tudo para parar o conflito. Então, ela tem várias revelações sobre seus verdadeiros poderes.

Até o dia 27 deste mês, o filme arrecadou R$91.921.670,00 e ultrapassou os números de Logan e Guardiões da Galáxia Vol. 2. Foi a terceira maior bilheteria do ano até agora. Mas, detalhe, apesar do boom de filmes como super-heróis, o último filme protagonizado por uma heroína completa 12 anos, Elektra (2005).

Pensando na importância de referências, listamos 10 super-heroínas que são travestis, mulheres transexuais, não-binários/as/es. E que certamente poderiam ter mais espaço nas HQs, séries, seriados e também na sétima arte. Confira algumas histórias:



CHALICE

A personagem trans chamada Chalice surgiu no último ano dona da sua própria HQ da série “Alters”, da AfterSchok Comics. As primeiras edições falavam sobre os momentos em que Chalice, que era uma estudante universitária, se reconhece como mulher trans. Ao lado dela, surgem um grupo de mutantes com diversos gêneros, etnias, orientação sexual e que passa a ter poderes repentinos e precisam lidar com eles e enfrentar os vilões.


PERFIL
Nome: Chalice Young
Profissão: universitária
Poder: controla a força, gravidade e voa
Inspiração: roteirista Paul Jenkins diz que a mãe, solteira e lésbica, inspirou a personagem
Primeira aparição: dia 7 de setembro de 2016
Licenciadora: AfterShock Comics (cujo dono, Mike Marts, era editor executivo da Marvel).



LORD FANNY

Para quem acha que travestis brasileiras nunca foram representadas em histórias em quadrinhos internacionais, se engana. Hild, que ficou conhecida como Lord Fanny, ganhou poderes xamânicos ao ser neta de uma bruxa. Ela passou pela profissão do sexo, foi agredida ao sair de um clube noturno e, pensando cometer suicídio, acabou entrando para Os Invisíveis – um grupo que luta para liberar a humanidade da opressão e das mãos dos demônios. Teve destaque na editora, tendo a última publicação brasileira em 2008, com o título “Os Invisíveis – Revolução”. Bem sugestivo, né?


PERFIL
Nome: Lorde Fanny
Profissão: Profissional do sexo
Poderes: Xamânicos
Criador: Grant Morrison e Seteve Yewell
Inspiração: as travestis brasileiras
Primeira aparição: 1994
Licenciador: DC (Vertigo).



Wanda

É uma das mulheres trans mais antigas e icônica dos quadrinhos dos anos 90 que saía na Sandman. Era espirituosa, inteligente, gostava de quadrinhos e era uma das amigas de Barbie, a protagonista. Os demais personagens, dentre humanos e seres sobrenaturais, não a consideravam mulher. Mas ela fazia observações inteligentes e espirituosas sobre sua identidade. Ao fim, ela morre diante de um episódio bastante transfóbico e é revelada que sua alma era, sim, de uma mulher. Na lápide, a protagonista risca o nome de registro e escreve Wanda.


PERFIL
Nome: Wanda Mann
Primeira Aparição: 1991
Criação: Neil Gaiman
Morte: Wanda morre após as personagens precisarem fazer uma jornada para o Sonhar. Porém, a A Lua só permite que mulheres com vagina façam. Ela fica em casa  desolada e, para completar, o furacão provocado pela viagem faz o teto desabar em sua cabeça.
Licenciador: Vertigo Comic's




ZSAZSA ZATURNNAH

Ada é uma mulher trans de origem filipina, pobre e que ganha a vida como cabeleireira. Ela enfrentava preconceito por sua identidade de gênero, tanto que chegou a ser jogada pelo pai em um lamaçal e foi agredida por um homem com quem se relacionou. Até que certo dia uma pedra cai do céu e ela resolve engolir. Então, se transforma na super-heroína Zsaza Zaturnnah. Aliás, toda vez que ela quer ganhar super-poderes, precisa engolir a pedra e gritar o nome.


PERFIL
Nome: Ada
Profissão: cabeleireira
Criada: Carlos Vegara
Super-poderes: Invulnerabilidade, super força, super agilidade, peito indestrutível
Primeira aparição: dezembro de 2002
Licenciador: Visual Print Enterprises (compilou as edições em um livro).



Thicke

A história de uma super-heroína trans chegou às bancas norte-americanas em abril deste ano. Trata-se de Thicke. Uma ex-jogadora de futebol americano, negra, trans e supermusculosa. No anúncio, o criador Scott Lodbell declarou que ela vai "chutar a bunda dos vilões". Ela também vai ser uma especialista de armamentos pesados. Na trama, ela enfrenta contra uma rede de conspirações passando pela ação e o suspense.


PERFIL
Nome: Thicke
Profissão: ex-jogadora de futebol
Criada por: Scott Lodbell (com a presença de diversas pessoas trans)
Super-poderes: Força, especialista em tiros e armamento pesado
Primeira aparição: abril de 2017
Licenciador: Aspen



Nuvem

Nas histórias de Defenders, da Marvel Comics, Nuvem é uma nebulosa consciente que veio ao planeta Terra pedir ajuda porque o espaço estava prestes a desaparecer. Quando surgiu em 1984, assumiu a identidade de uma mulher, sendo chamada de Carol Faber. Porém, com o tempo e o amor pela Serpente da Lua, acabou transicionando para homem. O nome tornou-se Danny Milligan.


Perfil:
Nome: Nuvem/Danny Milligan
Profissão: nuvem
Criado por: JM DeMatteis e Don Perlin
Primeira aparição: 1983 / The Defenders #123
Poderes: manipulação de matéria e energia em escalas planetárias, viagem instantânea pelo espaço e capacidade de manter uma atmosfera respirável em sua forma
Licenciador: Marvel Comics


Poison

Quem gosta de jogos de luta certamente já viu a personagem Poison - a que tem cabelo rosa e um chicotinho - em Final Fight ou Street Fighter. Sua história é de superação. Viveu em um orfanato de garotos nos EUA e aprendeu a se defender da violência e abusos. Na maioridade, se evolveu no mundo do crime e percebeu que tinha vários poderes. Em Street Fighter, outro jogo, ela retorna como uma lutadora que quer mostrar as suas habilidades.


PERFIL
Nome Poison / Poizun (japão)
Profissão: lutadora
Adora: seu gato de estimação, Cody, e maquiagem
Desta: a polícia e Mike Haggar
Passatempo: acrobacias
Criador Akira Yasuba (a intenção de classificar a personagem trans inicialmente foi transfóbica, uma vez que ele achou que seria ofensivo demais os lutadores enfrentarem mulheres cis. Porém, com o tempo, manter a personagem como trans foi um ato de resistência).
Primeira aparição: Final Fight (1989)
Licenciador: Capcom


Shining Knight

Na edição 14 da HQ Demon Knights, o personagem conhecido como O Cavaleiro Brilhante desde a década de 40 revela que é uma pessoa que se identifica como homem E TAMBÉM como mulher. "Sei que você gosta de um determinado aspecto meu. mas eu tenho o outro lado também. Eu nasci desse jeito. Eu não sou apenas um homem ou uma mulher. Sou os dois", declarou a uma mulher na edição de 2012. O personagem foi um dos membros dos Sete Soldados da Vitória e possui uma armadura e espada feitos indestrutíveis pela magia de Merlin.


PERFIL
Nome Shining Knight
Profissão: Mestre das artes do combate dos tempos Arthurianos.
Poderes: Armadura e espada encantadas. Pode voar
Criador: Creig Flessel
Apareceu: em 1941 (revelou ser trans em 2012)
Licenciador: DC Comics



Sera

Trata-se de uma personagem da Marvel da HQ "Angela: Asgard's Assassin (Angela: Assassina de Asgard) que desde o início teve a sua transgeneridade anunciada pelo criador. Antes da transição, ela é um Archorite que vê Angela - que saiu de Spawn - dando porradas e oferece a sua lealdade em troca de companhia. Por meio da magia, ela se torna em uma anja, aprendendo magia e a lutar. É guerreira e feticeira e leal. Na terceira edição, ela diz: "Eu sempre fui Sera".


PERFIL
Nome: Sera
Profissão: guerreira
Criador: Kieron Gillen e Margueritte Bennett
Poder: Magia
Quando apareceu: 2015
Licenciador: Marvel



Desejo

Trata-se de um personagem andrógino da Sandman apresentado com curvas e sem seios. Desejo é uma entidade e um dos sete eternos. Sem sexo definido, tem parentesco com o Sonho e a Morte. Suas características são o egocentrismo, a manipulação o odor sutil do pêssego e a projeção de duas sombras. O símbolo que carrega é um coração pulsante, chamado de Limiar. Teve sua última história publicada na edição de 2010.



PERFIL
Nome: Desejo
Profissão: Entidade
Criadores: Neil Gaiman e Michael Dringberg
Primeira aparição The Sandman #10 (1989)
Licenciador: Sandman


OBS1: Essa é a primeira lista com super-heróis e heroínas trans, travestis e não-binários. Pretendemos escrever outras. Caso tenha alguma sugestão, deixe nos comentários.

OBS2: Existe a dificuldade de encontrar super-heroí que sejam ou tenham características que se assemelhem à de um homem trans. Sites especializados internacionais, apontam apenas para Mantra: "um guerreiro antigo que, ao reencarnar, vai parar no corpo de uma mulher". Mas não sabemos se seria a melhor representação.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.