Header Ads

Transserviços

Travesti Tabata Brandão é assassinada aos 30 em Rondonópolis, Mato Grosso


A travesti Tabata Brandão, de 30 anos, foi assassinada a tiros na madrugada de domingo (25) em Rondonópolis, Mato Grosso. O corpo foi deixado jogado na rua 19 de Novembro do bairro Novo Horizonte.

De acordo com o Mato Grosso Notícias, a guarnição da Polícia Militar foi acionada às 6h via chamada telefônica para comparecer ao local, pois moradores encontraram uma vítima caída no chão.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência chegou a comparecer para socorrer Tabata, mas ela – que havia levado quatro tiros - já estava morta. 

Testemunhas afirmaram que a vítima foi assassinada por uma pessoa que estava em uma moto de cor escura. A pessoa se aproximou, abordou Tabata e efetuou os disparos. Logo após a vítima cair, o acusado fugiu para uma estrada atrás de uma empresa de sementes.

A delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Rondonópolis é a responsável por investigar o caso. Até o momento nenhum suspeito foi identificado e ninguém foi preso.




Amigos e amigas lamentaram o crime nas redes sociais e fizeram manifestações de repúdio à violência e em memória à amiga. Eles contaram que Tabata era de Cuiabá e estava morando em Rondonópolis há pouco tempo. Disseram ainda que ela era amiga, animada, baladeira e que adorava aconselhar e debater. 

O corpo da vítima foi encaminhado para perícia no Instituto Médico Legal (IML) de Rondonópolis. Após familiares de Cuiabá viajaram para Rondonópolis e reconhecerem o corpo, será realizado o sepultamento. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.