Header Ads

Alex Hai faz história ao ser o primeiro homem trans a trabalhar como gondoleiro em Veneza


POR NLUCON

Alex Hai, de 50 anos, é o homem trans que acaba de fazer história em Veneza, no nordeste da Itália. Ele é conhecido como o primeiro homem trans – que acaba de retificar a documentação - a trabalhar como gondoleiro pelos canais venezianos.

A história de Alex ganhou a mídia internacional pelas várias batalhas que ele teve no decorrer de sua trajetória profissional. Ele enfrentou, por exemplo, uma batalha na Justiça contra a Prefeitura para ganhar o direito de comandar uma gôndola.

Alemão radicado em Veneza há 30 anos, ele iniciou os estudos em 1996, mas inicialmente por ser lido como mulher passou por piadas, reprovações e ceticismo entre membros das associações de remo. Chegou a ser réu de uma ação da Prefeitura de Veneza que queria impedi-lo de trabalhar.

Ele venceu a batalha judicial em 2007, a Prefeitura tentou recorrer ao Conselho de Estado, a principal instância da Justiça Administrativa da Itália. Em 2015, o tribunal confirmou a sentença anterior, dando a ele o direito de trabalhar. “Apenas quero fazer o trabalho pelo qual sou apaixonado”, declarou.



Nas redes sociais, ele afirmou que conseguiu retificar a documentação - tendo o nome e sexo masculinos reconhecidos pela Justiça. E orientou que as pessoas não o tratem mais por pronomes e artigos femininos, tampouco o chamem pelo nome anterior. 


Para o trabalho, Alex usa terno branco, chapéu claro para contrastar com o preto de sua gôndola. E para viajar em uma das cidades mais belas do mundo com um gondoleiro vitorioso, o visitante deve desembolsar de 135 a 250 euros – ou seja de R$500 a R$927. O valor pode ser dividido em até quatro pessoas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.