Header Ads

Transserviços

Artistas trans participam de campanha em que pedem maior representatividade na TV e no cinema

Alexandra Grey, D'Lo e Alexandra Billings

POR NLUCON
Várias atrizes e atores trans participam de uma campanha para reivindicar que haja maior representatividade e empregabilidade de artistas trans em produções de cinema e televisão. Eles explicaram por qual motivo é importante que artistas trans contem suas próprias histórias, em detrimento de artistas cis interpretando personagens trans.

“Querida Hollywood. Conte nossas histórias com criatividade, dignidade, humor e a complexidade necessária para nos tornar pessoas reais. E deixe-nos ajudá-la a contar essas histórias. Melhor ainda, ajude-nos a conta-las nós mesmos e coloque-nos nessas histórias”, dizem Alexandra Billings, Trace Lysette, Ian Harvie, D'Lo, Jen Richards, Elliot Fletcher, Alexandra Grey, entre outros.

Eles atuaram ou fizeram participações em séries como "Transparent", "Looking", "Lopez", "The Fosters", "Her Story” e "Sense8".

Os artistas dizem que, ao colocá-los nas produções, estarão tornando o mundo um pouco mais seguro para uma população extremamente caluniada, sem representatividade e vulnerável. Sobretudo porque, para muitos jovens trans, a televisão e o cinema são as primeiras, e à vezes as únicas maneiras de se verem representados.

“Cerca de 84% dos americanos não conhecem uma pessoa trans e só nos veem no cinema e televisão. E quando há um personagem trans visto de forma positiva nas telas, eles não são interpretados por nós. Quando atores cis interpretam trans, eles estão focados em interpretar trans. Quando nós interpretamos trans, nós interpretamos a personagem e a história, o que torna a performance melhor", afirmam.

A campanha foi organizada pela GLAAD (Gay & Lesbian Alliance Against Defamation) e pelo site ScreenCrush. Ela também pediu para que a representatividade não seja dada apenas para atores, mas roteiristas e diretores. “O cinema e a televisão tem o poder de educar, mudar preconceitos, moldar opiniões e abrir corações. Então nós precisamos que você nos mostre como nós realmente somos”.

Assista ao vídeo (em inglês):



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.