Header Ads

Polícia apreende quatro menores suspeitos de assassinar a travesti Carla Viana em Alagoas


POR NLUCON

A Polícia Civil apreendeu nessa segunda-feira (17) quatro adolescentes suspeitos de matar a travesti Carla Viana, de 23 anos, em Joaquim Gomes, Alagoas. Ela foi esfaqueada no dia 25 de junho e foi encaminhada para o Hospital Geral do Estado, onde morreu.

D.S.S., de 17 anos; G.S.F., de 16 anos; S.M.S., de 15 anos, e R.M.S., de 13 anos, são os suspeitos, segundo as investigações da Delegacia de Homicídios de Maceió. Após a apreensão, eles – que não tem passagem pela política - ficaram à disposição da Justiça.

Em depoimento, os jovens confessaram o crime, mas apresentaram várias divergências. A polícia afirma que eles levaram Carla para o local do bairro Clima Bom e a surpreenderam com vários golpes de arma branca. Ela conseguiu correr, mas voltou a ser abordada. Foram mais de 10 facadas por todo o corpo.

A vítima residia na cidade de Joaquim Gomes, morava na companhia da avó e, de acordo com amigos, era uma pessoa alegre, cheia de sonhos e participava das festividades da cidade. Na data em que foi esfaqueada, ela havia passado a tarde bebendo na companhia de amigos, sendo violentada ao voltar para a casa.

A polícia, que anteriormente acreditava que o crime foi praticado por transfobia, mudou a versão. Ela diz que a motivação mais “plausível diante das provas” foi “guerra entre facções”, uma vez que a vítima falava em tom de brincadeira ter simpatia por um grupo rival da região.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.