Header Ads

Mulher trans e marido cis processam Amazon por assédio e discriminação


Por NLUCON

Uma mulher trans e o marido cis processaram a Amazon.com por assédio e ameaças na última semana. Eles trabalahvam no estoque varejista em Kentucky e foram alvo de provocações e comentários grosseiros dos colegas.

Segundo Allegra Schawe-Lane, mesmo após terem relatado diversas vezes que estavam sendo alvo de preconceito, a empresa não tomou nenhuma atitude. Ao contrário, os supervisores passaram a assediá-los e foram instruídos a acompanhá-los de perto.

Dentre as agressões verbais, estavam comentários sobre a vida íntima de Allegra e o marido Dane Lane. O ápice das provocações ocorreu, conforme consta no processo, quando um colega cortou os freios de um carro do casal. Após o caso, eles pediram demissão do emprego em 2015.

Ativistas dos EUA ficaram surpresos, uma vez que a empresa norte-americana é considerada uma das que mais contratam pessoas trans. O seriado Transparent, que fala sobre uma personagem trans, conta com uma equipe formada por diversas pessoas trans. Até o momento a Amazon não se pronunciou sobre o processo e as acusações. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.