Header Ads

Polícia identifica suspeito de atear fogo na travesti Jéssica Dime no RJ


POR NLUCON

O suspeito de atear fogo na travesti Jéssica Pereira Barcelos (Dime) em São Gongalo, Rio de Janeiro, foi identificado pela Polícia Civil. Trata-se de Fábio Barreto da Silva, de 23 anos, que já é procurado pela Justiça por tráfico de drogas e roubo.

Ele é acusado de asfixiar com lençol e atear fogo em Jéssica em um hotel no dia 28 de julho. Ela teve cerca de 50% do corpo queimado, está internada no Hospital estadual Alberto Torres e traumatizada com o episódio.

A delegada Carla Tavares, da 74 pela 74ªDP (Alcântara), declarou que outra travesti contribuiu com a identificação. Em depoimento, ela disse que conhecia Fábio e que ele costumava ser agressivo e confirmou a identificação após pesquisa no banco de dados. Jéssica também reconheceu o acusado no hostal.

Segundo o vítima, ela teria encontrado Fábio para um programa sexual em um motel de Alcântara, centro. Durante a madrugada, ele chegou a sair para comprar bebidas e retornou logo em seguida. Depois, tentou asfixiar Jéssica com um lençol e ateou fogo no quarto com a vítima dentro. Pessoas dos quartos vizinhos chamaram a polícia, que conseguiu salvar Jéssica.



Até o momento Fábio Barreto da Silva não foi localizado.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.