Header Ads

Primeiras carteiras de nome social para travestis e transexuais são entregues em Bauru


Por NLUCON
Foto: Priscila Medeiros 

Bauru entregou na sexta-feira (25) as primeiras carteiras de nome social às travestis, mulheres transexuais e homens trans. A carteira vai garantir o direito ao respeito ao nome social, em detrimento daquele que está no registro civil, da população trans no município de São Paulo.

Trata-se de uma das primeiras cidades a entregar uma carteira que tem o nome em que a população trans é reconhecida socialmente, por meio do decreto número 13.475 de 10 de agosto de 2017.

A entrega fde 10 carteiras fez parte da programação da Semana de Comebate ao Preconceito e Discriminação, que contou com a presença do prefeito Clodoaldo Gazzetta, do secretário do Bem-Estar Social, José Carlos Fernandes, o Coordenador Estadual de Políticas Públicas para a Diversidade do Estado de São Paulo, Cássio Rodrigo, dentre outros.

Para quem reside em Bauru e quer solicitar a Carteira de Nome Social é necessário fazer um prévio cadastramento, sendo que a pessoa deve-se dirigir à Cáritas Diocesana (Rua Azarias Leite, 9-80) ou por meio de encaminhameto pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), vinculados à Secretaria de Bem Estar-Social.


São necessários foto 3x4, documento original ou cópias autenticadas do RG e CPF ou CNH e comprovante de endereço. Vale dizer que o cadastro deve contar o nome civil, nome social, data e local do nascimento, filiação, número do RG e CPF, endereço completo com CEP, mas todas as informações estarão mantidas em sigilo.

A carteira de nome social de Bauru tem validade de um ano somente na cidade de Bauru.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.