Header Ads

"QUEBRada": MC Dellacroix lança primeiro single em parceria com projeto internacional


Por NLUCON

A rapper paulistana MC Dellacroix lançou nesta semana o primeiro single da carreira, QUEBRada. A obra conta com parceria do projeto internacional Brazilian Spring, que a artista é porta-voz no Brasil.

A rapper revela que a música surgiu depois de ser convidada pelo idealizador do projeto, Gustavo Charms, diretamente do Canadá. E da vontade de contar para o mundo as vivências, reflexões e arte de uma travesti negra (r)existindo sob a periferia.

"QUEBRada vem com essa necessidade de contar para o resto do mundo o que tem permeado a cena underground paulistana e os movimentos artísticos aqui instaurados vorazmente pós golpe", explica Dellacroix.

O single foi produzido e mixado pelo beatmaker Papi (André Andrade) e conta com direção musical da artista Xërxës. "A idéia aqui é fomentar parcerias. Desde o começo me interessei em contar com a ajuda de amigos e amigas artistas da cena paulistana para aprender mais e conseguir desenvolver meu som da melhor maneira possível".

QUEBRada está em pré-venda pelo site da BandCamp [https://goo.gl/SkXkvY] e está disponível em todas as plataformas digitais de streaming de música durante a semana, inclusive no Youtube.

Escute:



Vale dizer que a rapper tornou-se conhecida sobretudo nas redes sociais ao lançar em janeiro deste ano o preview da primeira música #SóTr4vaPorretaÉ em parceria com a rapper Alice Guél. A obra contou com 14 mil visualizações e mostrou todo o potencial. 

Desde então, já participou de shows de artistas como Linn da Quebrada, Preta Rara, Mc Carol e Danna Lisboa.

Em recente entrevista ao NLUCON, ela disse que ser rapper é questão de sobrevivência. E que sua obra fala sobre ressignificações do corpo, do que é ser travesti, da pluralidade do feminino presente num corpo com pênis, da não conformidade dos preconceitos, opressões, violações, dentre outros assuntos.

Assista o bate-papo com a artista abaixo: 



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.