Header Ads

Suspeito de assassinar travesti Jake Ellen é preso em Minas Gerais


POR NLUCON

O suspeito de ter assassinado a travesti Jake Ellen (a Gaúcha), de 30 anos, a tiros no dia 31 de dezembro de 2016 foi preso nesta semana pelos policiais civis da Delegacia de Homicídios de Contagem, na Grande Belo Horizonte.

André Luis de Souza Machado, de 19 anos, teve o mandado de prisão preventiva. Ele teria feito um programa com Jake, se desentendido e voltado tempos depois para matá-la com cinco tiros.

Segundo apuração, André teria realizado o programa, mas se negado a pagar os R$ 150,00 combinado. Após um atrito, ele combinou de dar R$ 50 na hora e o restante tempos depois. Como crédito, a travesti ficou com o celular e o cartão de crédito. Pouco tempo depois ele retornou contratando novos serviços e a assassinou com arma de fogo.

Jake recebeu cinco tiros, sem chance de defesa e foi deixada às margens da BR 040, no Bairro Morada Nova. Quando foi encontrada por policiais, ela já estava morta, sem documentos e foi encaminhada ao Instituto Médico Legal.

O corpo de Jake demorou para ser identificado devido a ausência de documentação e a dificuldade de encontrar pessoas próximas da vítima. Ela quase chegou a ser enterrada como indigente, se não fosse os esforços da militância local. Segundo amigas, Jake não tinha proximidade com a família e os parentes ficaram chocados com a notícia de seu assassinato. 


André foi preso em flagrante no dia 25 de fevereiro por porte ilegal de arma de fogo em Betim. Na data, o inquérito sobre Jake ainda estava aberto. No dia 11 de julho, a Polícia cumpriu mandado de prisão preventiva do suspeito, que responderá por homicídio qualificado.


Jake Ellen: vítima tinha 30 anos 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.