Header Ads

Acusado de assassinar a travesti Makelly Castro vai a júri popular em outubro


POR NLUCON

Luís Augusto Antunes, o acusado de assassinar Makelly Castro, irá a júri popular no dia 05 de outubro 2º Tribunal Popular do Júri de Teresina, às 8h. A vítima era travesti e foi assassinada enquanto trabalhava como profissional do sexo.

No caso, Makelly foi encontrada morta, com sinais de enforcamento e seminua no Distrito Industrial, Teresina. De acordo com o IML, a causa da morte foi asfixia.

O acusado foi identificado depois que colegas informaram que a vítima havia sido vista pela última vez entrando em um veículo Palio de cor vermelha. Uma delas chegou a anotar a placa, levando até o suspeito. E outras travestis foram abordadas por ele com o mesmo veículo após o assassinato. 

Luís foi preso no dia 25 de agosto na Avenida Centenário, zona Norte de Teresina. Em depoimento à Delegacia de Homicídios, ele prestou depoimento sobre o caso e logo foi transferido para um presídio.

Algo que chamou atenção foi que acusado tinha várias postagens contra a homofobia e a transfobia e até tinha uma postagem sobre o crime de Makelly, com uma ilustração de como ela ficou, dizendo estar indignado com os assassinatos de travestis e com a falta de respeito da segurança pública. 

Ele também é acusado de agredir a mulher transexual Brenda Vitória em julho de 2014.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.