Header Ads

Mulher trans é apedrejada em parque de Madri; seis foram presos


Por NLucon

Uma mulher trans foi vítima de um ataque transfóbico na tarde de sexta-feira, 1, no Parque San Isidro em Madri, na Espanha. De acordo com agentes da Polícia Nacional, seis homens cis foram detidos pela agressão transfóbica.

A vítima conta que começou a ser ofendida na rua com palavras chulas e acabou sendo alvo de várias pedradas. Ela teve que se refugiar e ligar para a polícia.

Os policiais chegaram rapidamente e conseguiram encontrar os agressores no mesmo local da denúncia. Cinco deles são menores de idade. Os autores vão responder o delito contra os direitos fundamentais.

Já a vítima está tendo assistência do Grupo de Delitos de Ódio contra a Orientação Sexual, que foi criado em junho. O grupo também acompanha as diligências do caso.

Em 2017, a Polícia Nacional de Madri apreendeu 19 pessoas e teve 48 boletins de ocorrência relacionados a crimes de ódio por raça, religião, orientação sexual e identidade de gênero. O Observatório da Associação Arcópoli contabiliza 292 ataques de ódio a LGBT neste ano, sendo que a maioria não foi denunciado.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.