Header Ads

Mulher trans tenta suicídio em ponte de Nova York e é amparada por rapper Lecrae


Por NLUCON

No início deste mês, uma tentativa de suicídio ganhou a mídia internacional. Uma mulher transexual tentou suicídio numa ponte que liga o bairro Bronx à ilha de Manhattan, em Nova York, e foi socorrida por Lecrae, um conhecido rapper cristão e o amigo Andy Mineo.

A notícia foi dada por eles nas redes sociais: “Ela começou a subir no guard rail para saltar”, declarou Mineo no vídeo publicado no Facebook. Eles correram até ela e a seguraram “Lecrae a alcançou com seus braços, agarrou-a e tentou puxá-la de volta”, continuou.

Ela ainda tentou resistir a intervenção deles: “Eu quero ir para casa. Eu só quero estar com Jesus. Eu não quero viver mais”. Eles conversaram com ela, souberam parte do histórico de violações e de descrença na vida que ela estava sofrendo e conseguiram trazê-la para uma área segura.

Depois, chamaram a polícia e permaneceram no local até que ela se acalmasse. Eles tentaram tranquilizá-la dando mensagens de apoio e acolhimento. “Acabamos de ajudar uma pessoa que ia pular de uma ponte! Estou chocado”, declarou o artista, que não deu mais detalhes de como está a mulher após o ocorrido.

Vítimas de inúmeras exclusões, violações e preconceito, o suicídio é um pensamento presente na vida de muitas pessoas trans. De acordo com a pesquisa da ong National Gay and Lesbian Task Force, 41% das pessoas trans já tentaram suicídio nos EUA em algum momento, contra 1,2% da população cisgênero.

O rapper também declarou que anteriormente também chegou a pensar em cometer suicídio por conta do abuso da religião organizada. “Meu problema não é com Cristo, é com seu povo. Essa foi minha luta. Me sentia desrespeitado, sentia tanto abuso da religião organizada, porque eu estava andando em uma direção que muitos deles não conseguiam entender”, disse ele à rádio americana The Wadeo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.