Header Ads

Dois acusados de matar o homem trans Thadeu Nascimento são presos na Bahia


Por NLUCON

Dois homens cis foram presos no último domingo (22) acusado de matarem o homem trans Thadeu Nascimento, o Têu, em maio de 2017. O jovem de 24 anos foi raptado dentro de sua casa, torturado, assassinado e deixado em um terreno no bairro São Cristóvão.

De acordo com o site Me Salte, as investigações apontam que Têu foi confundido com um informante que denunciava o tráfico de drogas no bairro de Cajazeiras 3. Ele teria chamado a atenção dos criminosos quando ficava na janela do apartamento com o celular porque o sinal de dentro do imóvel era ruim.

O Instituto Médico Legal informa que o corpo tinha várias perfurações provocadas por arma de fogo na cabeça e no peito. Ele foi encontrado com as mãos para trás, o que indica que tenha sofrido agressões físicas. Têu morreu de hemorragia interna e externa devido ao politraumatismo por múltiplos projéteis de arma de fogo. No início, as investigações sugeriram que o jovem havia sofrido estupro, mas não foi divulgado pelo laudo.


O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa prendeu no domingo Julimar da Paixão Pereira, conhecido como “Lenga”, no Parque das Bromélias, em São Cristóvão. Ele comandava o comércio de drogas no condomínio, desconfiou que estava sendo denunciado pelo vizinho e é apontado como o mandante da morte do jovem.

Paulo Henrique Ângelo dos Santos, também envolvido no homicídio, também está preso. Outras pessoas, bem como Evanildo Santos de Oliveira, Antônio Carlos Ribeiro Conceição e Jonathas Crisley Oliveira dos Santos, ainda são procurados.

Julimar da Paixão, o Lenga
O crime marcado por requintes de crueldade chocou familiares, amigos e o movimento LGBT. Ao Me Salte, a mãe Rosângela Silva chorou: “Mataram meu filho por maldade premeditada. Tiraram o meu viver. Minha felicidade foi perdida. Ele não era nenhum marginal para matarem ele desse jeito. Peço todos os dias a Justiça para que ela seja feita todos os dias. Todos os dias eu oro a Deus por Justiça”.

Thadeu chegou a dar o nome para um espaço que acolhe homens trans no Ceará.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.