Header Ads

Eduardo Costa tropeça na desinformação e ataca pessoas trans na internet


Por NLUCON

O cantor sertanejo Eduardo Costa, de 37 anos, surpreendeu os seguidores ao publicar um comentário em seu Instagram em que ataca as pessoas trans. Para isso, ele repercutiu as acusações falaciosas de “ideologia de gênero” e declarou ser “uma putaria só” e o "fim da picada”.

“Ideologia de gênero você sabe o que é isto? Então, responda aqui nos comentários. Querem fazer meninas virarem meninos e meninos virarem meninas. Uma putaria só. É o fim da picada. Tem lógica, não. Tô de cara. De cara mesmo”, escreveu ele.

Na verdade, Eduardo tropeçou na desinformação e comprou o discurso de quem é contra a população trans. Na verdade, não há nenhum grupo querendo fazer “meninas virarem meninos” e nem “meninos virarem meninas”. O que se fala é sobre respeito à diversidade, quebra do machismo e de entender os estereótipos de gênero como construção social.

Após vários seguidores criticarem o post, Eduardo apagou o comentário. Mas várias pessoas já tinham dado o print e o jornal Extra repercutiu.

Vale dizer que na mesma postagem em que ataca pessoas trans ele publicou a foto da exposição do Museu de Arte Moderna de São Paulo, em que uma criança interage com um artista nu. E comentou: “Será mesmo que isso é arte? Ou será Jesus voltando? Parece que o capeta tá morando no museu de arte de São Paulo e resolveu ensinar arte para criancinhas. Eu jamais deixaria minha filha nem ver uma foto dessas, quanto mais ir numa desgraça dessas”.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.