Header Ads

Linn da Quebrada lança primeiro álbum da carreira, Pajubá


POR NLUCON

Linn da Quebrada lançou nesta semana o primeiro álbum de sua carreira em todas as plataformas digitais. "Pajubá" atende as expectativas dos fãs com muito funk, vogue e eletrônico de resistência, transgressão e fervo.

As 14 músicas trazem sucessos já conhecidos e elevam a bixa, travesti, mulher, negra, da quebrada. E contam com participação especial de artistas LGBTs como Liniker (na faixa Serei A), Mulher Pepita (Dedo no Cué) e Gloria Groove (Necomancia).

No hit Talento, que abre o disco, ela canta: "Ser bixa não é só dar o cu, é também resistir". Já no primeiro single, "Bom Pra Caralho", ela dá o recado: "Baseado em carne viva e em fatos reais/ É o sangue dos meus que escorre pelas marginais / E vocês fazem tão pouco, mas falam demais".

Com produção de BadSista, Pininga e voz de Jup do Bairro, o trabalho também conta com vídeos promocionais para cada faixa. Os cliques do álbum foram feitos na Casa Nem, Rio de Janeiro, espaço de acolhimento de pessoas trans e travestis.

“Pajubá é celebração e (re) existência. É sobre nossas vidas. É nossa. Quero agradecer as pessoas que se envolveram e colaboraram com a produção do disco, cada uma do seu espaço, como pode. Sem vocês seria impossível”, diz Linn no Facebook. O álbum ocorreu por meio de financiamento coletivo.

Ela diz que espera que todas as pessoas possam desfrutar do disco e que todas possam continuar caminhando. “Acredito que juntas somos mais fortes. Que o nosso progresso não tenha linnmites. Seguimos juntas”.

Escute: 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.