Header Ads

Oi? Papa Francisco diz que aceitar pessoas trans fará com que todos sejam inférteis


Por NLUCON

As declarações de Papa Francisco sobre a população trans segue evidenciando contradição. Ele, que já recebeu um homem trans no Vaticado em 2015 e que já disse que a igreja deve ter as portas abertas ao LGBT, passou a fazer declarações consideradas transfóbicas.

Durante Pontifical Academy for Life, que ocorreu neste mês, o papa criticou quem apoia a população trans ou o movimento que combate as diferenças de gênero, classificando como “utopia do neutro”. Ele disse que aceitar pessoas trans fará com que as pessoas heteros-cisgêneros sejam consideradas inferiores.

Em seu discurso, o pontífice acusou as pessoas que querem acabar com os comportamentos associados ao gênero, destacando que as técnicas e práticas são irrelevantes no desenvolvimento das relações humanas. “Em vez de contrariar as interpretações negativas das diferenças sexuais, eles querem acabar completamente com essas diferenças”, declarou.

O papa disse ainda que os avanços tecnológicos que permitem que pessoas passem por terapia hormonal e modifiquem seus corpos fazem com que mulheres e homens se tornem inférteis, pois arriscam e desperdiçam fonte de energia que une essas pessoas. Ele declarou que de alguma forma isso compromete a criação da vida. As informações são do Pink News. 

Essa não é a primeira vez que o Papa fala sobre o assunto. Em 2016, ele declarou que a maior visibilidade que as pessoas trans estão conquistando é “terrível”, pois promove-se uma “colonização ideológica” por meio de livros didáticos e financiamento de países e instituições muito ricas.

Alguém precisa avisar Francisco que há vários casais formados por pessoas trans, que podem gerar vida. Há vários homens trans que engravidaram de homens cis, travestis e mulheres trans (veja aqui). Há várias mulheres cis que engravidaram de travestis e mulheres trans. Há casais formados por homens trans que engravidaram por meio de fertilização in vitro, dentre outras formações. Dentro de 20 anos, a ciência promete até fazer com que mulheres trans possam engravidar também através do transplante de útero (veja aqui)

Um comentário

Allan Gomes disse...

Esse papa é só mais uma pessoa encapuzada com um manto de 'autoridade' cagando regra sobre a vida dos outros. Ainda ouço gente (incluindo LGBTs) falar que 'esse papa é tão bonzinho', que ele é 'acolhedor', que é 'diferente dos outros', etc. Pra mim esse antro denominado Igreja Católica tem mais é que acabar mesmo.

Tecnologia do Blogger.