Header Ads

Pela primeira vez, Secretaria de Cultura do DF cria Portaria LGBTI

Por NLUCON

A Secretaria de Cultura do Distrito Federal publicou no dia 29 de setembro a criação da Portaria Cultura LGBTI. Trata-se de uma ação inédita que visa estimular e valorizar as manifestações culturais da população LGBT.

Dentre os objetivos, divulgados pelo Diário Oficial, é o de cadastrar, identificar, produzir indicadores e valorizar agentes culturais, grupos, coletivos, lugares, expressões culturais LGBTI, com a finalidade de promover intercâmbio local, nacional e internacional.

Elaborada pela Secretaria da Cultura por meio das demandas dos movimentos LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos), a ação também busca estimular patrocínio também da iniciativa privada, com a intenção de democratizar o acesso aos meios de produção e circulação no DF e RIDE.

No último dia 29, Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, foi pré-lançado o Prêmio Cultura LGBTI, na Casa do Cantador.

FRENTE EVANGÉLICA QUER FIM

Após a divulgação da Portaria LGBTI, a Frente Parlamentar Evangélica se organizou para protestar pela revogação da iniciativa. Eles dizem que a medida “fere o direito das famílias brasilienses” e que as “políticas públicas devem atender aos princípios públicos e não segmentados”.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.