Header Ads

Transfobia: Melyna Santos é impedida de desfilar em fanfarra no interior de Bahia


Por NLUCON

Melyna Santos foi impedida no dia 24 de setembro de desfilar na fanfarra Famaster da cidade de Ruy Barbosa, interior da Bahia. Tudo porque a Associação de Bandas e Fanfarrass disse que ela – que é uma mulher transexual - só poderia desfilar se estivesse com trajes masculinos.

Segundo ela, em entrevista ao site Dois Terços, o comunicado foi dado em cima da hora, depois de já ter sido coreografada por Emerson Santos e ter a aprovação da presidenta da fanfarra Dora Magalhaes. E que se sentiu agredida e machucada.

“Até porque já tinham enviado ofício com as descrições e fotos minhas, e estava tudo ok. Quando estava ali pronta, faltava uma fanfarra para a nossa entra, eu estava radiante, parecia um sonho, as pessoas me elogiavam, disseram que eu não tinha sido aprovada”, conta.

A AFAB disse que ela teria que provar que é uma mulher trans ou então entrar na pista “vestida de homem”. “Senti um misto de sensações, as pessoas me olhando sem entender, veio lágrimas nos olhos, sensação de tanta coisa ruim, só quis sair dali e desabei por dentro”, conta.

Após o constrangimento, ela denunciou o caso ao Grupo Gay da Bahia e à Milena Passos, da Atras – Associação de Travestis de Salvador. “Espero que a Atras se pronuncie, espero que isso não aconteça com outras meninas, quero providências. A sociedade não pode continuar nos machucando, nos torturando dessa forma”.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.