Header Ads

Família: Casal gay adota criança trans e seus dois irmãos cis em Curitiba


Por NLUCON

Uma linda história de amor, acolhimento e família envolvendo o casal Gustavo Uchoa Cavalcanti e Cleber Reikdal foi contada pela Revista Lado A. Trata-se do processo de adoção e a vida familiar ao lado de uma garotinha trans e seus dois irmãos cis, que ocorreu em Curitiba.

Casados desde 2007, eles contaram que deram entrada ao processo de adoção em 2013. Demorou três anos até que o Cadastro Nacional de Adoção (CNA) telefonasse e contasse que eles poderiam adotar, não uma, mas três crianças. Em dezembro de 2016, eles receberam a guarda.

Uma é Maria Joaquina - uma criança que foi designada menino ao nascer, mas que se identifica com o gênero feminino e é uma menina - e os irmãos Thalia e Carlos Eduardo - que são crianças cis, ou seja, que se identificam com o gênero atribuído no nascimento. Eles estavam no Lar Batista, uma instituição religiosa, e a questão trans sequer foi abordada.

Foi em janeiro que Maria Joaquina passou a demonstrar se identificar com o gênero feminino, querer vestir roupas femininas, tentou várias vezes furar a orelha para usar os brincos da irmã e não querer mais ser chamada pelo nome de registro masculino. Os pais tiveram resistência num primeiro momento e um processo de observação para entender a filha. 

Chegaram a pedir que a criança usasse as roupas preferidas somente dentro de casa e a chamavam por um apelido neutro. Até que, devido à resistência da criança, resolveram respeitá-la e vê-la muito mais feliz e realizada. 

Vale informar que uma pesquisa da Universidade de Washington, da Universidade Stony Brook e da Organização de Gênero revelou que a transgeneridade é tão natural quanto a cisgêneridade, que crianças podem discernir o próprio gênero e que as pessoas trans tem consciência da própria identidade de gênero na mesma época que as pessoas cis.  As crianças pesquisadas iam de 5 a 12 anos.  

Ainda que o Brasil não seja um ambiente muito acolhedor para as pessoas trans, o ambiente familiar em que todos os filhos vivem é de amor, acolhimento e respeito. E os pais se comprometem em enfrentar todas as lutas pela felicidade dos irmãos. Dentre elas está a de Maria Joaquina participar dos campeonatos de patinação e ser atendida pelo plano de saúde pelo nome social. Na escola, ela já é respeitada.

Pelas fotos que eles dividem, é possível notar o grande sorriso de felicidade e que há muito amor envolvido. 
Parabéns a esta linda família!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.