Header Ads

Jovem cis Pheterson dos Santos morre após defender a irmã de transfóbico em São Paulo


Por NLUCON

Petherson Roberto dos Santos, de 24 anos, era um homem cis, mas foi vítima da violência transfóbica na quarta-feira (08). Tudo porque ele defendeu a irmã transexual, Lorena Vicente, de um homem transfóbico.

No momento, o assassino passou andando de bicileta e ofendeu Lorena, que estava em um banco usando o wi-fi público. Ele tentou jogar a bicicleta nela, mas o irmão, que estava trabalhando em uma feira ao lado, pediu para ele respeitar. A resposta foi a violência.

Eles tiveram luta corporal e Petherson recebeu vários golpes na cabeça e morreu em plena praça. O suspeito é Luiz Carlos Mariano, de 18 anos, que fugiu de bicicleta.

"Ele ameaçou jogar a bicicleta em cima de mim e o meu irmão foi cobrar. Falar para ele respeitar, né. Só que aí ele veio, já começaram a discutir e entraram em luta corporal”, conta Lorena Vicente ao jornal da Globo.

O delegado Luís Roberto Hellmeister apontou o preconceito como motivador do crime num primeiro momento, mas também derrapou na transfobia ao desrespeitar a identidade de gênero de Lorena. "Eu acredito que a motivação num primeiro momento, seria de preconceito pela opção sexual (sic) do irmão (sic) da vítima".

Quem tiver alguma informação sobre o suspeito pode ligar para o Disque-Denúncia, o 181.

O suspeito Luiz Carlos Mariano

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.