Header Ads

Série fotográfica “Preciso Dizer Que Te Amo” visa combater suicídio de homens trans


Por NLUCON

Cerca de 66% dos homens trans brasileiros já pensaram em suicídio (Faculdade de psicologia Maurício de Nassau). Isso porque o preconceito, a violência e a falta de oportunidades e acolhimento se tornam tão insuportáveis que morrer parece o único caminho. Mas não precisa ser.

A série fotográfica/projeto-político “Preciso Dizer que Te Amo”, do homem trans gay Ariel Nobre, visa sensibilizar a população contra o suicídio de homens trans, mostrar que a população trans não está sozinha e que toda vida merece e precisa ser referida com amor.

Ariel conta que o manifesto começou logo após um episódio de preconceito em 2015. Ele havia acabado de revelar ao mundo que é homem trans e sofreu uma violência na rua. A experiência o abalou profundamente e o fez querer desistir da vida. Até que sentou para se despedir e pensou que precisava dizer que amava as pessoas, sobretudo uma.

Ele conseguiu desistir da ideia do suicídio, mas não da necessidade de dizer que ama as pessoas. Passou a pensar em combater a ideia do suicídio, que apesar de constante para muitas pessoas, ainda enfrenta muitos tabus. Foi assim que surgiu a campanha, que consiste em escrever e fotografar “Preciso Dizer que Te Amo” em diversos e inimagináveis lugares, objetos e corpos.

Pelas fotos é possível perceber que a mensagem aparece feito lembrete numa cesta de pães, numa caixa de lenço e na capa de um livro, por exemplo, transformando numa contínua rede de apoio e troca. As imagens podem ser vistas no Instagram oficial dele (clique aqui) e também no site oficial da campanha (clique aqui).

Futuramente, Ariel pretende reunir todas as imagens fotografadas ao longo de dois anos em uma exposição fotográfica. Com elas, muitas pessoas poderão refletir sobre o assunto, quebrar a invisibilidade do sofrimento e fortalecer quem tanto necessita. Parabéns, Ariel, amamos a iniciativa!

Veja algumas fotos: 








Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.