Header Ads

Vera Gimenez diz que “coisa trans assusta” e que sente ojeriza de Thammy Miranda


Por NLUCON

A atriz Vera Gimenez, de 70 anos, foi entrevistada pelo Blog Paulo Sampaio, do UOL, e declarou que se "assusta com a coisa trans". A mãe de Luciana Gimenez declarou que devido à grande repercussão acerca do assunto pensa até em “teoria da conspiração” e declarou que tem ojeriza do homem trans Thammy Miranda.

O assunto começou quando Vera declarou que conhece várias amigas que não são lésbicas, mas que atualmente estão ficando com outras mulheres. Ela afirma que, se considerasse uma mulher cis atraente, ficaria também. Daí soltou: “Essa coisa de mulher trans não rola comigo. Tenho ojeriza à figura da filha (sic) da Gretchen, por exemplo”.

Ela contou que se formou em psicologia nos anos 1980 e que chegou a ter contato com uma mulher trans. Mesmo assim, tratou a paciente como “rapaz que tinha conflito enorme, queria ser mulher” e garantiu que o assunto era visto com mais seriedade. “Hoje, isso virou a coisa mais banal do mundo”.

E quem pensa que terminou, ela revelou sua fobia. “Essa coisa de trans, atualmente, me assusta. Por que tem tanta gente querendo ser trans? É criança trans, homem trans, mulher trans, aparece trans em todo lugar. É alguma coisa na água? No ar? Na comunidade? Eu penso até em conspiração mundial”, disse ela. Só faltou cogitar o mais óbvio: talvez seja apenas porque as pessoas simplesmente estão se sentindo mais seguras (ainda que dado o enorme preconceito) para dizer para o mundo o que são.

Vera, contudo, afirma que não é transfóbica (um preconceito contra pessoas trans e travestis) e exemplifica dizendo que 90% dos seus amigos são... Tr...Gays (oi?), esquecendo novamente a diferença de orientação sexual e identidade de gênero. Ainda assim, soltou a fala: “Mas eles (meus amigos gays) têm postura, são classudérrimos. Nunca gostei de viadinho”.

Vera declarou ainda que tem horror do politicamente correto. "Não se pode dizer mais nada, gente". 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.