Header Ads

Com estreia histórica, Tiffany Abreu torna-se primeira atleta transexual da Superliga de Vôlei


Por NLUCON
Fotos: Neide Carlos / Vôlei Bauru


Tiffany Abreu fez sua estreia na Superliga no domingo (10). Primeira jogadora transexual em uma partida válida pela elite do vôlei nacional, ela competiu pelo Vôlei Bauru contra o São Caetano e perdeu por 3 sets a 2, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru.
Tiffany durante o jogo

Com disputa acirrada, com mais de duas horas de duração, as parciais foram de 25/22, 17/25, 22/25, 25/23 e 13/15. Ela foi fundamental na vitória do primeiro set e finalizou a partida com 15 pontos marcados.

Embora o contrato tenha sido assinado na última semana, a entrada de Tiffany no time não tinha data certa. Na sexta-feira (08), ela foi liberada para atuar após a decisão da comissão médica da CBV e esteve jogando na quadra.

Vale dizer que Tiffany tem extensa carreira no vôlei, chegando a jogar em campeonatos ao lado de homens, antes mesmo de ter revelado ao mundo que é uma mulher transexual. 

Em 2017, após passar pelo processo transexualizador, recebeu permissão da Federação Internacional de Voleibol para competir profissionalmente ao lado de outras mulheres. Antes de ir ao Bauru, ela chegou a estar na equipe feminina do Campeonato Italiano. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.