Header Ads

"Bonecas trans" chegam às lojas, repercutem e indignam transfóbicos no Paraguai


Por NLUCON
Uma nova versão de bonecas vendidas em lojas da Ciudad del Este, no Paraguai, vem causando repercussão. Tudo porque ela vem vestida com roupas, cores e assessórios atribuídos ao gênero feminino e, ao tirar a roupa, é possível ver um pipi.

Segundo uma das vendedoras, Esther Bazan, as apelidadas “Bonecas trans” vieram da China e despertaram reações diversas dos clientes. Enquanto turistas do Brasil e da Argentina aprovaram a novidade e acharam “divertidas”, outros demonstraram rejeição.

Ainda que nenhuma justificativa ou propaganda tenha sido dada sobre as bonecas - e que algumas pessoas até justificaram dizendo que poderia ter sido um erro do fabricante que vestiu as bonecas sem se atentar que possuía um pênis - a
 prefeita da cidade Sandra Zacarías ordenou a retirada imediata.

Sandra fez com que fosse apreendidas 
centenas de caixas dos itens e até fechando as lojas em que eram vendidas. “Enquanto eu for prefeita, este tipo de artigo não será vendido. Essa comunidade é pró-vida, pró-família”, declarou ela.

Já o advogado da Prefeitura, Cristian Cabral, disse que as medidas buscam “resgatar e proteger os valores familiares e os direitos das meninas, que poderiam ser afetados de maneira negativa”. Em outro momento, o Paraguai também proibiu materiais que combatessem o preconceito nas escolas o ministro da educação Enrique Riera se ofereceu para queimar todos os livros. 

Curiosamente, como informa a reportagem do G1, a cidade é conhecida pelo contrabando e falsificações. Mas pelo jeito as autoridades consideram que a grande ameaça é uma bonequinha com pipi.

Se você não se acha preconceituoso, mas considerou um absurdo esta boneca e que ela pode influenciar crianças, você precisa reavaliar seus conceitos. Afinal se existem pessoas trans na vida adulta e idosa, também existem pessoas trans na infância e adolescência. Logo, rejeitar essa existência e brinquedos que reproduzam essa existência faz parte da desumanização que ocorre no mundo. É transfobia. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.