Header Ads

Militantes trans e travestis debatem “Vidas Trans Importam” em Fortaleza/CE


Por NLUCON

Militantes trans e travestis vão participar nesta quinta-feira (25), às 19h, do debate “Vidas Trans Importam. O encontro é promovido pelo Setorial LGBT do PSOL e ocorre na sede do partido em Fortaleza, no Ceará (Av. Imperador, 1397, Centro).

Para o debate estarão presentes Amara Moira, que é travesti, ex-prostituta, feminista, escritora e doutora em teoria literária, Helena Vieira, que é transfeminista e escritora e Rian Santos, estudante de serviço social e militante trans.

O bate-papo visa falar sobre as violações que a população trans e travesti sofre no Brasil, fazendo com que se torne o país que mais mata travestis, mulheres transexuais e homens trans em todo o mundo.

De acordo com o mapa da Antra, o Ceará é o quarto estado que mais mata a população trans e travesti, com 16 homicídios em 2017. Em 2018, ocorreram 179 assassinatos. O Mapa aponta que 60% das vítimas tinham entre 16 e 29 anos e que 85% dos casos os assassinatos foram com requintes de crueldade.

A realização do encontro conta com apoio do Coletivo LGBT Comunista -CEe do Mandato É Tempo de Resistência (deputado estadual Renato Roseno). Confirme sua participação clicando aqui

/// VIDAS TRANS IMPORTAM
Dia 25/01 às 19h00
Sede do PSOL Ceará (Av Imperador, 1397. Centro)
Acesso Livre

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.