Header Ads

Autora de Harry Potter choca fãs ao curtir tweet que chama mulher trans de "homens de vestidos"


Por NLUCON

A escritora JK Rowling – que fez sucesso por meio dos livros de Harry Potter – chocou diversos fãs após curtir um tweet que se referia às mulheres trans como “homens de vestidos”. Muitas pessoas a acusaram de transfobia nas redes sociais.

O post referia-se a reclamação da participação das mulheres trans no Partido Trabalhista de esquerda. Uma mulher cis escreveu que “homens de vestido recebem mais solidariedade que as mulheres (cis)" e que “isso é misoginia”.

Rowling, que é sempre defensora do Partido e que se envolve com as questões, apoiou o post. Logo sua curtida pode ser vista pelos seguidores pelo feed e foi criticada.

A jornalista Shon Faye escreveu: “a comunidade trans está vendo uma amada autora de sua geração apoiando um tweet transfóbico de uma conta falsa que chamou você de homem”. Outra postagem viral questionou: “Então @jk_rowling, você vai dizer por que está gostando de tweets transfóbicos?”. Houve também o post: "Espero que jovens fãs de Harry Potter possam estar tomando nota de suas opiniões sobre isso”.


A mensagem desapareceu do feed de Rowlling após as críticas. Ao Pink News, os representantes da escritora afirmaram que ela clicou em dar like sem querer na postagem, porque segura o telefone de forma incorreta. Disseram ainda que ela não compactua com nenhuma atitude discriminatória.  

Vale dizer que a autora incluiu uma personagem trans no romance policial The Silkworm, que escreveu sob o pseudônimo de Robert Galbraith.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.