Header Ads

RuPaul diz que drag perde sentido quando é feita por mulheres trans e cis


Por NLUCON

Drag queen mais famosa do mundo, RuPaul causou polêmica em sua mais recente entrevista ao The Guardian. Ela declarou que acredita que a arte drag perde o sentido ao ser feita por mulheres cis e mulheres trans.

Segundo ela, "drag perde o sentido do perigo e da ironia, quando não é feita por homens. O fundamento é um grande 'foda-se' para a cultura machista. Então, quando um homem faz isso estamos realmente falando de algo punk rock, pois é uma rejeição verdadeira da masculinidade", disse.

RuPaul justificou a presença de mulheres trans no badalado reality show RuPaul's Drag Race, dizendo que elas não haviam feito o processo de transição e tampouco mudado o corpo. Segundo ela, dificilmente escalaria uma mulher trans que tivesse feito cirurgias. (Saiba quais são as mulheres trans que já participaram do programa clicando aqui). 

"Provavelmente não (incluiria). Você pode se identificar como mulher e dizer que está em transição, mas muda quando você começa a mudar seu corpo. Vira uma outra coisa, muda todo o conceito do que você está fazendo. Tivemos algumas com injeções no rosto e um pouco no bumbum, mas elas não fizeram a transição".

A veterana afirma que mulheres trans estão certas em buscar respeito por sua identidade de gênero e que as demandas dos dois movimentos são diferentes. "Eu comparo isso com uma moeda, digamos libras inglesas e dólares americanos. Acho que as identidades são como sistemas de valor ou moedas, não há só uma. Compreenda o valor diferente das moedas, e o que você poderia fazer com elas".

Após a repercussão negativa, ela escreveu um pedido de desculpas: "Todas as manhãs eu rezo para poder esquecer tudo o que eu acho que sei, para que tenha uma mente aberta para uma nova experiência. Eu entendo e me arrependo da dor que eu causei. A comunidade trans é feita de heróis do nosso movimento LGBTQ. Vocês são meus professores”.

Um comentário

Danilo disse...

Eu realmente perdi o ponto de se houve transfobia. Digo, não me parece realmente haver sentido na arte drag se é uma mulher se vestindo como mulher. Se alguém puder explicar, ficaria imensamente grato.

Tecnologia do Blogger.