Header Ads

Trans Power! Cantora Valéria revela como foi abrir show de Katy Perry


Por NLUCON

A cantora Valéria, que recentemente deixou de usar o sobrenome Houston, abriu o show de Katy Perry em Porto Alegre na quarta-feira (14). No palco da Arena do Grêmio, ela cantou seus sucessos para a gigantesca plateia, mostrou talento e foi aplaudida calorosamente pelo público. 

“Teve mulher trans preta cantando para uma multidão e sendo aplaudida, simmmm! Katy Perry e Valéria. Gratidão a todos os envolvidos”, escreveu a cantora nas redes sociais. Ela salientou que foi a primeira artista trans negra a pisar naquele palco.  

O Portal Famosos, que cobriu o show de Katy em Porto Alegre, afirmou que Valéria cantou seus hits (bem como Controversa e Sexo Frágil), fez um cover de Whitney Houston e mostrou personalidade por meio da voz e presença de palco. “Ela é de fato uma daquelas artistas nacionais que devemos ficar de olho”, escreveu a página.

Antes de se apresentar, Katy acompanhou o ensaio de Valéria no palco. Elas também tiveram uma conversa. “Ela é um amor. Foi incrível e surreal (conhecê-la). Ela me agradeceu por fazer algo por ela, por abrir o show. Mostrou que somos muito maiores que pensamos e imaginamos. Foi muito generosa, além de linda e cheirosa (risos)", disse com exclusividade ao NLUCON.

Ao contrário do que foi divulgado na imprensa, a cantora afirma que Katy não ficava dizendo o tempo todo "Miga, sua louca". "Ela disse apenas uma vez, porque eu falei para ela", explica.

Sobre a apresentação, Valéria diz que este foi o maior público que cantou em sua carreira. "A apresentação me deixou um tanto nervosa. Afinal era um público diferente, de uma faixa etária que não é comum em minhas apresentações. Mas foi muito lindo. O que me deixou mais feliz é que, ao fim do meu show, quando desci para assistir ao show da Katy na plateia, as crianças me paravam e pediam para fazer foto, agradecendo pelo show". 

Valéria afirma que o contato com esse público diferente e novo a encheu de esperança. "Sabe a esperança que dá na gente de que um dia o gênero e a sexualidade vão ser apenas um detalhe para todos? Senti isso, o futuro tem jeito, talvez seja mais brando com as pessoas trans. Lutemos ainda mais, não podemos desistir, esmorecer", finaliza.


Katy Perry acompanha o ensaio de Valéria


Vale dizer que Valéria é gaúcha, canta desde os seis anos e que há 18 anos se profissionalizou. Já cantou em banda, participou de programas de TV (sendo semifinalista em show de talento no SBT), venceu festivais de música, se apresentou na França, gravou o EP Sexo Frágil, lançou a música Controversa e tem realizado diversas parcerias, como a de Maria Gadú, Toni Garrido e Silvero Pereira. A gente é fã há bastante tempo!

Assista um trecho do momento:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.