Header Ads

Advogada trans brasileira Gisele Schmidt realiza palestra em Harvard


Por NLUCON

A advogada Gisele Alessandra Schimidt da Silva, que é uma mulher transexual brasileira, fez parte na tarde do último sábado (07) do time de palestrantes que estiveram no Brazil Conference At Harvard e MIT, em Massachusetts, nos Estados Unidos.

Neste ano o tema do evento é Ação que Transforma. Ele é realizado por universitários brasileiros radicados em Boston e que visa discutir o futuro do país com profissionais de diversas áreas e líderes internacionais,

Gisele abordou os 30 anos da Constituição e a conquista das pessoas trans após a decisão da ADI 4275 pelo Supremo Tribunal Federal. Isto é, discorreu sobre a importância da retificação do prenome e gênero das pessoas trans e travestis em seus documentos, sem a necessidade de cirurgias, laudos médicos ou ação judicial.

Para que ela conseguisse o visto e pudesse viajar, Gisele contou com um financiamento coletivo. “Gostaria de agradecer a todas as pessoas que participaram da vaquinha no Catarse para que a empreitada pelo visto fosse concretizada (o evento custeará as demais despesas)”, escreveu nas redes sociais. 

Ela é bacharel em direito pela UNICURITIBA, advogada criminalista e militante dos direitos humanos da população LGBT. Dentre outras funções, atua na Comissão da Diversidade Sexual e Gênero da OAB-PR, no Conselho Estadual de Direitos da Mulher do Paraná, Comitê LGBT da Secretaria de Estado de Justiça, Trabalho e Direitos Humanos do Paraná e ANAJUDH.



Vale lembrar que no último ano, ela fez história no Brasil ao se tornar a primeira mulher trans a sustentar uma fala no Supremo Tribunal Federal. “Negar a uma pessoa o direito ao nome e à expressão de sua identidade é negar o direito de existir. Requer-se às Vossas Excelências, portanto, que não nos neguem este direito”, declarou na época.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.