Header Ads

Casa Nem recebe 30ª medalha Chico Mendes pelo combate a transfobia


POR NLUCON

A Casa Nem recebeu na tarde de segunda-feira (02) a 30ª medalha Chico Mendes, do Grupo Tortura Nunca Mais, no Teatro Odylo Costa Filho, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Desde a inauguração medalha, é a primeira vez que ela é entregue em reconhecimento ao combate à transfobia e à LGBTFobia.

Segundo a militante, puta e  Indianare Siqueira em post no Facebook, a Casa Nem é o primeiro projeto de acolhimento às pessoas LGBTQI, com foco em pessoas trans, no Brasil que sofrem por discriminação de familiares e que se encontram desabrigadas.

“Após a abertura da Casa Nem outros espaços tiveram vozes em todo Brasil”, afirmou.

Localizada na Lapa, a casa é considerado um espaço de resistência, acolhe pessoas transvestigeneres (travestis, mulheres transexuais, homens trans e outras transgeneridades) que estão em situação de vulnerabilidade e realiza atividades pré-vestibular, cursos e convivência social.

Dentre as atividades que já foram realizadas estão o PreparaNem, cursinho preparatório para o ENEM, o AlfabetizaNem, CozinhaNem, curso de gastronomia, AlimentaNem, um mutirão para alimentar pessoas em situação de rua, CosturaNem, FotoNem, curso de fotografia, aulas de idiomas, dentre outros.

A medalha foi criada em 1989 para homenagear pessoas, movimentos sociais e entendidades que se destacam na luta pelos direitos humanos, contra a repressão e contra todas as formas de violência. Chico Mendes é nome do seringueiro, ambientalista e lutador, morto no ano da criação do prêmio.

Outras 12 pessoas ou instituições também receberam a medalha. São elas: a Sem Terra Fabiana Braga, o Comandante Paulo Mello Bastos, Mãe Meninazinha, Ana Maria Tellechea, Ilma e Rômulo Noronha, Cosme Alves Neto (in memoriam), Jaime Petit (in memorian), José Campos Barreto (Zequinha) - in memoriam, Rute Fiúza, Milagro Sala

Que a Casa Nem continue re-existindo e de portas abertas até que não se faça mais necessária.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.