Header Ads

Modelo trans Jolene Dawson revela que se descobriu lésbica após transição


Por NLUCON

Muita gente ainda hoje confunde orientação sexual com identidade de gênero. E foi essa confusão que teve a modelo australiana Jolene Dawson, de 21 anos, quando revelou ser uma mulher trans. Ela achou que, por ser mulher, sentira-se atraída obrigatoriamente por homens. Mas não: ela se interessa por mulheres e é lésbica.

Para quem não entendeu: Jolene foi designada homem ao nascer, mas se identifica com o gênero feminino e é uma mulher trans (sua identidade de gênero). Na vida afetiva/sexual, ela se atrai por mulheres e, portanto, é lésbica (sua orientação sexual, assim como as mulheres cis que se atraem por mulheres).

A descoberta se deu anos depois de anos sua transição, quando se envolveu com um casal hétero cisgênero. Ela passou a perceber que gostava mais de transar com a mulher cis que com o homem cis. Tanto que teve que se retirar do relacionamento a três para porque se viu diante de sentimentos mais fortes pela parceira.

“Eu percebi que não era uma mulher trans porque queria ficar com um homem. Eu simplesmente sou uma mulher. Tive encontros incríveis com homens mais velhos e ricos, mas estou mais feliz em sair com mulheres”, afirmou ao Mail Online.

Ela afirma que já fez a alteração em seus aplicativos de paquera. “Já mudei as configurações do Tinder para ‘interessada por mulheres’”, contou. Ela diz que já deu match em mais de mil homens nos últimos meses e que saiu em cerca de 100 encontros. Também conta que sempre foi autoconfiante: “Se alguém não gosta de mim, é uma oportunidade perdida para eles”.


Na entrevista, Jolene afirma que gastou mais de 50 mil libras (cerca de R$233 mil) em cirurgias plásticas no corpo. Dentre elas, estão a feminilização fácil e emagrecimento da mandíbula para parecer uma boneca Bratz. Futuramente, pretende retirar o povo de adão e estuda costurar o umbigo para continuar sua peleja para se assemelhar à boneca.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.